domingo, 19 de março de 2006

"Escrever não é pensar longe. É pensar perto."

[Brecha no tempo para vir cuidar do que é meu...]

Olá, amável leitor... Aviso logo: minha vida está bem corrida! Sabe como é faculdade né... Mas, ao menos, ando me divertindo bastante nos intervalos. Pensei a semana toda sobre o que escrever. Confesso que ainda estou pensando. Mas, dei uma passada no meu blog antigo, o Poemas Rasgados [linkado aí ao lado] e achei um poema meu que, mesmo depois de passado o tempo de publicação dele, as coisas continuam iguais. E me sinto feliz e satisfeita por isso. Mostra que eu adquiri mais uma filosofia de vida, e que ela muito me fez [e faz] bem e ainda continua me guiando o caminho. Isso sempre é bom. Então, aqui trago meu poema. Espero que aprecie e possa ver nele tudo o que vi.

"Sou areia.

Passo pelo tempo, corro pelas mãos.

Livre. Nada me prende e me faz parar.

Confesso que é isso o que sempre quis.

Sou onde a onda bate, mansa.

Sou o que a brisa carrega, leve.

As cores por mim passeiam, vivas.

Os temporais lavam minha alma, fresca.

No fundo das coisas e dos dias estou.

Em mim, me encontro e sou.

A sede de sol inebria minha garganta.

A mente descansa, insana sempre.

A insensatez dos segundos é minha companheira.

Cai a chuva.

A escassez de idéias vai embora.

Eu me atiro rumo à luz por entre as negras nuvens.

O incompleto vão dos pensamentos hoje é praia.

Por um instante sei bem o que dizer.

Essas palavras tornam-se mais que um poema.

Voam livres pelas linhas.

São mais fortes que o tempo, existem por essas mãos.

Livres.

Essas palavras são areia."

Praia de Pensamentos - Ana Carolina Biavati

E outra coisa que gostaria de destacar aqui, ou melhor, outras 2 coisas:

1) Muito obrigada pelas visitas que recebi... principalmente no último post... fico bastante feliz por ter podido compartilhar e trocar palavras com pessoas como vocês. De verdade, meu obrigada.

2) Ando me apaixonando ultimamente... pelo Fabrício. O Fabrício Carpinejar! [O blog dele está linkado aí ao lado, e a frase-título deste post é dele] Meu Deus... Eu ainda não consigo compreender completamente como uma pessoa pode ser tão simples ao escrever como ele escreve. E chegar tão fundo. Pelo menos em mim. De fato, ele é um dos poetas que me influenciam em tudo que penso e escrevo. E julgo ser essa uma grande responsabilidade. Que ele, meu Neruda tão amado, o Gabriel [Garcia Márquez] e o Mário [Benedetti] não sabem que tem. Ou melhor, até sabem, já que suas palavras são e foram publicadas com permissão dos mesmos, mas, sendo um pouco atrevida agora, eles não sabem o quanto são tão importantes pra mim... E sei que nunca vou chegar a esse patamar que eles estão. Porque não existe ninguém no mundo melhor do que eles nessa arte de colocar seus sentimentos e pensamentos no papel. Nessa arte que enreda muitas vidas, [incluindo a minha] chamada poesia.

Abraços, amigo. Até a próxima. Em breve...

7 comentários:

Paulo disse...

Oii Carol,

Como foi o f.d.s.?
Foi legal?
Espero que sim!
Sobre sua correria, eu sei muito bem como é isso, pq vivo assim tb! Mas se fazemos o que gostamos vale a pena não é mesmo?
E que bom que se sente feliz e satisfeita.
Uma linda semana pra vc
bjos

Bia disse...

Oi mulher da poesia! O post é delicado e lindo. Me acontece muito isso de reler escritos antigos e ainda me achar inteira ali. Louco né?? E que bom, que alivío, que temos estas palavras geniais e contundentes para nos guiar um pouco pela vida. Bjo estalado pra vc, querida! Obs. Tenho um outro blog recem inaugurado, se quiser visitar é http://opocoeamola.blogspot.com

Anucha disse...

carol... que lindo poema. vou levar comigo, viu? e quanto ao fábio... maravilhoso seu jeito de escrever mesmo. adorei voltar aqui. um beijo

Alessandro Biavati disse...

Prima, são lindos todos os poemas, há muito que não passava por aqui, mas estava precisando nutrir minha alma e descansar meu ego com palavras, o lugar que eu tinha certeza que não seria em vão, aqui!
Beijão, continue assim, cansada, está te dando mais sementes.
:)
Cuide-se.

Paulo disse...

Carol,

Um lindo fim de semana!

bjos

Chelly disse...

OLáaaaa!!!
Primeira vez aki no teu blog e estou fascinada, ele é maravilhoso, vc escreve bem demais. Amei, amei...
Tudo de bom pra vc!!!

Rafael disse...

ana, nesse momento tudo que eu posso te dizer é: vai fundo!!! vale a pena!!! e muito!!! vai por mim...
tô com saudade!
beijões!!!