quarta-feira, 22 de fevereiro de 2006

Walk On...



[Depois de ter perdido a postagem, e ter ficado very puta por isso]

Confesso que estive um pouco negligente nesse último mês... mas me dediquei a outras coisas do que às palavras. Pecado, eu sei, mas creio que pra nascer palavras, é preciso semente... e fui atrás disso.


Vim aqui tratar de 2 assuntos. O primeiro, como era de se esperar, é sobre os amores da minha vida.

Não fui. Não fui vê-los. E confesso que cada comercial falando do show fazia meu coração doer. Mas enfim, a TV transmitiu ao vivo e salvou minha vida. Chorei, cantei [muito], pulei, gritei [muuuuuuito] e dancei. São os caras da minha vida, ora!! O melhor show que assisti na vida, mais até que o do Pearl Jam, que como vc sabe, eu fui. Mas é verdade. Muito mais emocionante pra mim! Todas as músicas, sempre perfeitas, todos LINDOS, Edge pulando, Adam e sua peculiar calma, Bono sempre simpático e sedutor, Larry sensacional. Amo todos eles. Amo essa banda, a maior e melhor de sempre e pra sempre. Feliz da mulher e do menino que subiram ao palco... [e fiquei sim me imaginando ali] E valeu a pena... Ah, se valeu.
Já tinha assistido a esse show pelo DVD, mas não foi a mesma coisa... esse país faz as bandas melhorarem seu desempenho ao vivo! Impressionante. Simplesmente perfeito. Adorei. Adorei. E tenho fé que eles voltarão e que eu estarei lá. E o show será aqui no Rio. E vai ser o melhor show da minha vida. Eu tenho fé.

Quanto aos Rolling Stones, não fui tbm. Mas preferi não ir mesmo. Sei lá, muito complicado. 1,2 milhão de pessoas. Aff... Ninguém merece. Achei que foi um bom show, mesmo os caras já dando as últimas de si [rs], mas não me empolgou tanto não. Vale a pena, claro, pq não é todo dia que eles fazem show nas areias de Copacabana de graça, né? Mas mesmo assim... se fosse o U2... Teria dormido na areia. Acredite.

Fanatismo à parte, vim aqui deixar um pouco de carinho a uma pessoa que amo TANTO. E que sabe bem disso. Sei que ele não vai ler esse post mas mesmo assim... é o que meu coração está pedindo no momento. Queria uma música pra botar aqui, e até pensei em Walk On, dos mais lindos aí de cima, mas "por acaso" achei esse poema numa folha solta, no meio do livro do Paulo Leminski que estou lendo. Achei que é perfeito pro momento. Segue.

"Ainda que completo de coragem
Astúcia se mistura
Torna febre o que contém calor.
Cada manhã, uma batalha
Em todo despertar
Viver é uma dádiva
Quando se pretende colher
Dos tempos o melhor fruto
E fazer desse fruto,
Seu melhor suco.
Quando cantar já não
Torna mais tudo tão fácil,
Como dantes se sonhava,
Qual a força que antes se pensava...
Continuar agora questão
De valentia,
Tornar-se forte sem gastar energia..."
[Ao cara que sopra as nuvens]
Para Roberto D'Franco
Não sei quem o fez. De fato que o fez bem. Mas deixo aqui ao mais lindo. Que precisa de toda força e fé agora. Mas, como eu já tinha dito a ele, que aposto todas as minhas fichas nele, então, sei que vai dar tudo certo e tudo vai ficar bem como antes. Que ele tenha fé. Mas isso sei que ele tem tbm. E muita. Descobri que é possível amar tanto uma pessoa. E que o amor faz sim, muitos milagres. Então, com todo o meu amor e minha fé, desejo que tudo fique certo. Deus está perto. Deus está com vcs nas mãos... Acredite. Ele me disse isso.
Aos outros, Namastê... =)

3 comentários:

Bia disse...

Oi Queridona! Lindo este seu post e cheio de coração, como sempre. Plante, regue, pode e venha trazer os resultados pra cá pra gente participar! P.s 1: Quase infartei com o show, parecia uma MALUCA insandescida na frente da tv (Santa Globo). P.s2: O amor é uma força da natureza. Bjo pra vc!!

Bia disse...

P.s3: 'Walk On' é uma das músicas da minha vida.

Cláudia Campelo disse...

Biavati, como sempre, sentimentos à flor da pele, na ponta dos dedos. Sim, porque escreve.
Beijo.